Participar deste site

Aula de canto - Propriedades da Voz

Posted by Darcy Mendes On sábado, 1 de dezembro de 2012 0 comentários
Som e tonalidade

Som
Som pode ser entendido como uma variação de pressão muito rápida que se propaga na forma de ondas em um meio elástico. O som ainda pode ser agradável ou não, dependendo das características de sua emissão. Quando falamos de música, o som adquire outra particularidade que são os tons. É através da variação dos tons que surge a música. Então podemos afirmar que sem essa diferença de tons, não existe melodia. Quando estamos falando, não existe melodia, pois não estamos usando as tonalidades, mas quando cantamos fazemos uso das diferentes tonalidades.
Vamos conhecer algumas propriedades da voz que influenciam na produção de um som de qualidade ou não. Cada um deles tem sua importância e não há como ser um bom cantor sem o equilíbrio desses elementos.
Timbre
Conforme já falamos, é o que identifica o som. Por exemplo: o som de um violino é totalmente diferente de um trompete porque cada um tem seu timbre. Inclusive, dois violinos podem ter timbres diferentes. É claro que as diferenças, nesse caso, são mínimas e é preciso ter certo conhecimento de música para perceber.
É importante atentar que mesmo que estejam tocando o mesmo tom, os timbres serão diferentes quando temos dois instrumentos em execução. Como não poderia ser diferente, o timbre também serve para  distinguir a voz de uma pessoa. Mesmo que muito parecidas, as vozes de duas pessoas nunca serão iguais.
Clareza
Se você quer ser entendido, então tenha clareza ao falar. Não dá para ser um excelente cantor se você nem consegue falar direito. aliás, tem muita gente que não consegue fazer-se entender porque não tem uma boa fala.
Se você fala é daqueles que tem que repetir o que disse para que os outros o entendam, então você pode ter sérios problemas de voz. Tem pessoas falam desesperadamente e ninguém entende nada. Nesse caso, o problema nem é tão sério, mas é preciso disciplina para corrigi-lo.
Quem não se lembra da velha surda de um programa humorístico. Ela trocava todas as palavras. É claro que ela era surda, mas se você não conseguir se comunicar direito, as pessoas também podem entender tudo errado o que você fala.
Aprendendo a falar direito
Como falamos acima, o desespero em falar, além das gírias e regionalismos, falar rápido pode tornar sua fala incompreessível. Porém é possível falar rápido e fazer-se entender. Para isso basta educar sua voz para pronunciar corretamente as palavras.
O que precisamos é ter cuidados com todas as silabas para que fique claro o queremos dizer. Cuidado com palavras que dão duplo sentido para quem houve.
Exemplos: 
  • Sou responsável por cada centavo gasto;
  • O beijo até estalou na boca dela;"
  • Está vindo da feira? Posso lhe dar uma mão?;
  • Um dia me casarei com essa fada (péssima cantada!)

Outro cuidado importante é com as letras de pronúncias diferentes. Algumas letras possuem pronuncias mudas. É o caso de pneu (a letra "e" não deve aparecer); stachevski (o "v" é pronunciado de forma rápida, sem aparecer o "e").
Para se comunicar com clareza, fale articuladamente, respeitando a divisão silábica. Aqui temos aquele exemplo clássico: paralelepípedo. É quase impossível falar de forma rápida palavras como essa e fazer-se entender.
Volume
A música é feita de dinâmica e o volume de som faz parte dessa dinâmica, Cantar mais alto ou mais baixo, faz com que a melodia demonstre sentimentos variados. Contudo, o volume de som deve ser bem controlado para não exagerar e acabar desagradando os ouvintes
Na música a variação de tonalidade, alto e baixo diz respeito a grave e agudo que é diferente de volume.
Quando se canta mais alto ou mais baixo, estamos alando de  “mais volume” ou “menos volume”. Para conseguirmos maior volume de voz, temos que por mais força na expiração do ar. Dessa forma, é preciso termos boa respiração e conservação dos órgãos internos. Nunca force demais o volume de sua voz. Não ultrapasse o seu limite, correndo o risco de danificar suas cordas vocais.
Se você quer ter uma voz mais potente, terá que fazer treinamentos para desenvolver essa capacidade.

Variação do tom

A variação do som está ligado ao que chamamos de som grave (grosso) e agudo (fino). A música é construída em cima dessas variações através de notas musicais que são executadas com instrumentos musicais ou pela voz humana.
Portanto, se você quer cantar bem, precisa dominar a escala de tonalidades representadas por notas musicais com padrão internacional. Se não conseguir esse domínio, então é melhor continuar cantando somente no banheiro!!!

0 comentários:

Postar um comentário

Talvez goste disso também

2leep.com